domingo, 25 de março de 2012

12° Capítulo - Just The Rebels Life

Nick: Caramba Miley, PORQUE você tá mentindo? - Ele se levantou, ainda mais alterado. - Você não demorou por causa do salto, demorou porque tinha um idiota chupando sua boca! - Ele foi extremamente indelicado. - E agora eu pergunto, PORQUE não me disse a verdade?
Miley: Por isso! - Ele olhou confuso. - Você ia ficar bravo ou sei lá o que comigo, entende? Não quero mais brigas. - Ele olhou, sentou, abaixou a cabeça e levantou-a, olhando nos meus olhos.
Nick: Eu não acredito que você fez isso. - Abri a boca pra responder, mas aí ele continou. - E nem que você tá com ele. - Não sabia mais o que dizer.
Miley: Só um beijo, Nick.
Nick: Um beijo? Ok, não se esqueça do de hoje mais cedo, mãos dadas e...E não dúvido que no sábado ao invés de um jantar, seja sexo! - Ele tava nervoso.
Miley: Dá pra você parar de ser assim? E outra como sabe do jantar?
Nick: Liam perguntou pro Joe se seria uma boa idéia, e ele me contou. Miley, eu to falando a verdade. O Liam tem 20 e tantos anos, NÃO vai ficar contente com alguns beijos no sábado. - Pensei que ele ia parar, mas não. - Ainda mais porque vocês provavelmente vão estar sozinhos.
Miley: Ele parece ser um cara bom pra mim, não avançaria tão rápido. - Ele me olhou. - Eu acho... - Sussurrei. Aquilo me assustou, se Liam fizesse algo a mais, não sei como fugiria, ficaria tensa, com medo, nervosa. Afinal, sou virgem.
Nick: Ele não gosta de você, ele te acha gostosa e quer te comer, você deveria perceber isso.
Miley: Para de ser indelicado comigo? Eu agradeceria.
Nick: Ok, desculpa.
Miley: Nick, vou repetir a mesma coisa que disse mais cedo, tenho 17 anos e quero curtir a minha vida. Eu nunca tive um namorado sério, por causa dos meus pais. Então, o Liam apareceu, ele parece um cara legal pra mim e ah, perderia alguma coisa se tentasse?!
Nick: Não me contento nem um poco em saber que um idiota que nem o Liam, pode, não sei...Tirar...sua virgindade?! - Arregalei os olhos. Fiquei com vergonha, mas ele já deveria ter percebido. - Desculpa falar nisso. - Bufei.
Miley: Se não for ele, quem vai? - Falei sem pensar.
Nick: Não acredito que pensa nisso, não pode ser. Só. E você não precisa apressar isso, Miles.
Miley: Não vou. - E o silêncio chegou e resolveu ficar por um bom tempo, eu não sei porque, senti que não fiz certo mentindo pra ele, que as coisas não estavam 100% com ele. Mas não pediria desculpas, não agora. Não ia ficar ali, me levantei e saí andando.
Nick: Aonda vai?
Miley: Embora.
Nick: Tchau. - Seco, era isso que ele tinha sido. Bufei e continuei andando. Não ia pro quarto, não agora. Entrei no depósito, peguei um violão, sentei no sofá e comecei a passar meus dedos sem noção do que sairia ali. Uma bela melodia foi o que saiu, agora faltava a letra. Estava magoada com o Nick, isso me deu vontade de escrever. Minhas músicas são como um diário, desabafo nelas. Escrevendo o que sentia, escrevi "These Four Walls". As palavras fluiram naturalmente, aquela música era exatamente o que eu estava sentindo. Um pouco dramática talvez, mas a verdade.
Eu menti, me senti culpada por isso. Não queria ter feito isso, mas também não iria dizer tchau pro meu orgulho e ir atrás do Nick. Sou cabeça dura, ele sabe disso, então que venha ele. Fiquei mais um pouco ali, pensando em mim e Liam. Talvez Nick esteja certo, e ele só queira sexo. Só que bem, não sou uma menina ingênua e idiota a ponto de deixar ele ultrapassar os limites, se faz alguma coisa a mais...Apenas digo que não seria nem um pouco educada, e passaria de xingamentos pra agressão fisíca.
Resolvi sair dali, não me levaria a nada ficar. Saí e fui andando, para chegar no quarto era preciso passar pela piscina, vi Nick enquanto passava ali. Estava exatamente na mesma posição de quando fui embora. Quando o vi pensei em falar com ele, mas como sempre meu orgulho falou mais alto e não o fiz. Olhei pra trás quando passei por ele, meus olhos se encontraram com os dele, que me fitavam.
Bufei. Virei e continuei andando, ele estava me deixando irritada com esse jeito misterioso. Em alguns momentos são sexy, mas em outros ele parece estar escondendo alguma coisa. Balancei a cabeça, já estava ficando louca, ele não deve me esconder nada. É, isso! Bem, eu espero né.
Chegando no quarto estavam todas dormindo, fiz o mesmo.
(...)
No resto da semana nada aconteceu, o Nick continuou extramamente seco comigo e mal sabia ele que aquilo machucava. Não nos falavamos direito, mas ele sempre falava pra mim não sair fazendo besteira. Meu relacionamento com o Liam estava bom, estava permetindo que ele se aproximasse, mas temia que o que o Nick disse sobre ele querer só sexo acontecesse. Os ensaios estavam indo super bem, a banda era formada por mim, Nick, Joe, Kevin, Selena e Demi. Jenn tinha uma voz incrivel, assim como Justin, mas eles ensistiam em dizer que preferiam não cantar pra todos ouvirem. Liam, Dani e Nathan preferiam só acompanhar os ensaios, sem cantar.
No sábado teria um encontro com Liam, estava feliz. Acordei as 10 horas, me vesti e fui com Demi no shopping para comprar uma roupa. Entramos em umas 5 lojas, nada que eu gostasse. E por último, na Forever 21.
Demi: Olha aquele vestido, Miles! - Ele era sexy, extremamente sexy. Todo de coro. Eu e Demi pegamos uns 4 vestidos, e fomos para o provador. Entrei em um que estava só encostado, uma velha louca gritou "VOCÊS ESTÃO QUERENDO ME BULINAR? MAS ONDE JÁ SE VIU, GAROTAS COMO VOCÊS QUERENDO PASSAR A MÃO EM MIM?!" e continuou, medo. O segurança acabou pedindo pra gente sair dali, estava causando muito barraco.
Demi: OLHA QUE ROUPA LINDA, MEU DEUS! MILEY, VOCÊ TEM QUE EXPERIMENTAR ISSO!
Segurança: Senhoritas, já pedi uma vez e essa é a última, se retirem da loja.
Demi: Não! Eu quero... - Interrompi.
Miley: Já estamos indo. - Sorri forçado e fomos para outra loja. A Demi me entregou uns 20 vestidos, na maioria ficava parecendo uma puta . Saí do provador com um tubinho de couro vermelho, imaginem uma vagabunda. Imaginaram? Pronto, essa era eu.
Demi: O Liam vai amar!
Miley: Fala sério, Demi!
Demi: Sério, principalmente se forem em um motel depois.
Miley: DEMI!
Demi: Ué, as putas da esquinas não preferem em um motel? - Mostrei meu lindo dedo do meio para ela, com uma cara bem linda.
Miley: Bastava dizer que não tinha ficado bom.
Demi: Mas aí eu estaria mentido, Miles. Ficou bom, mas qualquer um confundiria você com uma puta. - Entrei no provador e vesti o último que faltava, definitivamente, eu amei. - O Liam vai cair durinho e o amiguinho dele, ficar durinho! - Essa era a Demi, apesar de ser certinha e assim como eu, virgem, sempre malicia alguma coisa.
Miley: Cala a boca! Na boa, cala mesmo. - Me olhei no espelho. - Eu gostei!
Demi: Eu também sua boba! Você tá linda, é esse mesmo. - Compramos o bendito vestido e a Demi insistiu tanto que fomos comprar um sapato. Eu não queria, colocava um tênis e tava linda, mas por ela eu tinha que colocar um salto e blablabla. Entramos em um acordo do salto não ser muito alto, encontrei fácil o que procurava. E a Demi comprou uns 10 pares, já comentei que ela ama sapatos? E roupas? E tudo? É, provavelmente um dos seres mais consumistas da Terra. Eu to falando sério.
Demi: Eu to morrendo de fome!
Miley: Almoço?
Demi: Mc Donalds! - Revirei os olhos.
Miley: Não me diga que vai querer a cestinha para ganhar a surpresa, por favor! - Falei enquanto caminhavamos para a praça de alimentação.
Demi: É claro que vou! Soube que agora são Barbies! - Sim, Demi no alto dos seus 17 anos ama as surpresinhas da cestinha do Mc Donalds.
Miley: Barbies?
Demi: Sim, em miniaturas! - Ela falou com AQUELE sorriso, toda empolgada.
Miley of.

Nick On:
Eu nunca mais chamo o Joe pra me ajudar, eu juro.
Joe: Pera, mas pra que fazer isso?
Nick: Lembra de como eu consegui a minha vaga no colégio? - Ele afirmou. - Então, pra ganhar essa vaga eu tenho que TRABALHAR!
Joe: E?
Nick: E fazer isso é o meu trabalho Joe!
Joe: Ahnnn! Ok, eu te ajudo.
Nick: Ótimo, porque a gente chegou. -  Falei descendo do carro e entrando no shopping. Achar aquela garota não seria nada fácil, aquele shopping era imenso.
Joe: Vamos comer? - Eu estava prestes a xingar o Joe de todos os nomes possiveis, mas me segurei. Se não fosse, ele acabaria não ajudando.
Nick: Vamos, Joe, vamos!
Joe: Mc, Mc, Mc!! - Ele saiu pulando, todo feliz em direção a praça de alimentação. Não dá nem para acreditar que ele realmente tem 21 anos. Chegamos no Mc e eu vi a garota, linda, como sempre, com a Demi.
Nick of.
(...)

Miley On:
Ótimo, estou pronta! E por incrivel que pareça no horário, às 20h. Eu estava assim:
Liam disse pra mim mandar uma mensagem para ele quando estiver pronta e assim fiz, não deu nem 5 minutos e ele apareceu batendo na porta do quarto.
Liam: Você tá linda! - Eu sorri. Ele estava lindo também, jaqueta de couro e jeans.
Miley: Brigada. - Fomos andando e quando chegamos no carro dele cheguei a conclusão que ou o Liam é um filhinho de papai ou um badboy qualquer. Afinal, não é qualquer um que saí dirigindo uma Ferrari né?
Enfim, Liam me levou em um restaurante lindo, mas cheio de frescura. Ele parecia que queria me impressionar.
Liam: O que vai querer? - Não sabia o que pedir, era tudo tão caro e ah, sei lá. Iria preferir um simples Mc Donald's.
Miley: Não sei...
Liam: Fiz alguma coisa errada?
Miley: Não, nada! Só não to acostumada com lugares assim, me sinto desconfortável. - Melhor ser sincera, não?
Liam: Pela família que vem pensei que tava, desculpa.
Miley: Não tem que se desculpar, bobo! Você não sabia disso. E bem, meus pais até vem em lugares assum, mas eu não gosto e fico em casa. - Ele sorriu, retribui.
Liam: Se quiser podemos ir em outro lugar.
Miley: Não, não, deixa. Vamos ficar!
Liam: Tem certeza? - Ele pareceu meio, sei lá, preocupado. E bem nesse momento eu vi o Nicholas entrando com uma loira, Delta. Ódio. Não ía ficar naquela lugar.
Miley: Ah, não, não, não! Vamos pra outro lugar, vem! - Levantei e puxei ele.
Liam: O que deu em você, Miley? - Ele perguntou quando chegamos no estacionamento e paramos em frente ao seu carro.
Miley: Ah, nada. - Não sabia o que dizer. - Mas bem, nada como uma pizza né? - Ele sorriu, pegou na minha cintura e me beijou. Eu ouvi um barulho de carro saindo, cantando motor (é assim que fala? kkk Não lembro) e depois cedi. Porém não tinha motivo pra ele me beijar daquela maneira desesperada do nada. Estranho.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Ok, acho digno vocês me matarem agora. Desculpa ): Começaram minhas aulas, provas e ensino médio não é fácil, né? Não pensem que esqueci a fic, eu não esqueci, sempre me preocupava e durante uma aula chata eu terminei de escrever e aí passei pro pc kkkk
E outra, fiquei meio sem criatividade e então eu digo que esse não foi o melhor capítulo que já escrevi nem de longe, não foi e também não ficou muito grande, mas ainda assim preferi postar assim do que demorar mais ainda.
Enfim, espero que gostem e comentem! Eu vou começar a responder os comentários no próximo capítulo, que pretendo postar no próximo final de semana.


Radiate Love
xoxo

5 comentários:

  1. ameiiiiiiiii como sempre
    amo demais essa fic ....
    posta logo em !!
    xoxo

    ResponderExcluir
  2. AAAAAAAAAAHHHH!! O NICK É SEGURANÇA DA MILEYYYYY!!!! HÁ! DESCOBRI!!! KKKKKK
    AMEI O NICK TODO CHEIO DE CIUMEEESS!!! KKK
    E A ROUPA DA MILEY, QUE DIVONICAAA!!!

    ameiii!!!
    bebebeijo! :*

    ResponderExcluir
  3. http://everwaitingforyou.blogspot.com.br/2012/03/tag-da-linda-da-luiza.html

    TAAAG!! kisses!

    ResponderExcluir
  4. Você ganhou uma Tag no meu blog:
    http://inspiration-tatis.blogspot.com.br/2012/04/taaag.html

    ResponderExcluir